segunda-feira, 12 de abril de 2010

O vício da vaidade, Fernando Pessoa


O homem não deve poder ver a sua própria cara. Isso é o que há de mais terrível. A Natureza deu-lhe o dom de não poder ver, assim como de não poder fitar os seus próprios olhos.
Só na água dos rios e dos lagos ele podia fitar seu rosto. E a postura, mesmo, que tinha de tomar, era simbólica. Tinha de se curvar, de se baixar para cometer a ignomínia de se ver.
O criador do espelho envenenou a alma humana.
-
Aforismo 466 do Livro do Desassossego
Fernando Pessoa

6 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Perfeito ! mas existe uma questão! Sem espelho tlvez existiria mais NARCISOS pelos rios e lagos !!! kkkkk :D

    Para quem n sabe ...

    " Narciso era filho do deus-rio Cephisus e da ninfa Liriope, e era um jovem de extrema beleza. Porém, à despeito da cobiça que despertava nas ninfas e donzelas, Narciso preferia viver só, pois não havia encontrado ninguém que julgasse merecedora do seu amor,era rude com todas que se aproximavam!(era um jovem pretencioso, arrogante por isso mulher alguma paraceia bastar a sua vaidade).
    O Jovem n tinha contato com espelhos ... , seu pai havia quebrado todos e entregue ao filho apenas um partido ao meiopara previnindro filho " conforme previsão do oraculo". Narciso via seu rosto apenas pelo epelho quebrado era uma imagem turva, mas ele admirava aquela beleza.

    " Mal dos espelhos , para os egocêntricos que só conseguem enxergar a si mesmo e a sua beleza... Os Narciso(s) da vida". kkkkkk :D

    Por um castigo de Nêmesis Narciso teve um triste fim !
    Ao se aproximar de um fonte de aguas claras Narciso viu sua propria imagem refletida, foi então que se apaixonou por aquele rosto lindo e perfeito a seus olhos !Tentou beijar e abraçar aquele ser, mas só conseguia o despreso.
    " Pela primeira vez descobriu a dor do amor não correspondido "
    Assim Narciso ficou por dias a admirar sua própria imagem na fonte, esquecido de alimento e de água. No local em que morreu nasceu um bela flor roxa de folhas brancas sempre debruçada sobre o leito das aguas. A qual chamamos de ... NARCISO ! :D

    Bjos Cris :D

    ResponderExcluir
  3. Comentário deslocado:

    "traços de histeria da manager do blog"??
    Huahsuahsuhausa

    To rindo até agora XD~

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Comentários robustos de conteúdo assim são muito bem vindos Cris! Obrigado pela contribuição!
    Beijo

    ResponderExcluir