sexta-feira, 16 de julho de 2010

Quintaneando II




A morte é quando a gente pode, afinal,
estar deitado de sapatos.



Mario Quintana

5 comentários:

  1. Nem grossa, nem dura...
    Lúdica e divertida, isso sim!

    ResponderExcluir
  2. Eu ri :x
    Quantas mil sensações a poesia é capaz de provocar?

    ResponderExcluir
  3. Tendo à tuas impressões Lidia!
    Quantas mil sensações? mais de mil, por certo que sim.

    ResponderExcluir